Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Segunda, 21 de Dezembro de 2020, 11h45 | Última atualização em Segunda, 08 de Fevereiro de 2021, 23h05 | Acessos: 572

A implantação do Campus Abaetetuba é resultado de um conjunto de ações que vão desde a mobilização das comunidades e lideranças da região, até movimentações políticas da região do Baixo Tocantins.

O instrumento utilizado para o ordenamento do processo criação de novas unidades foi a Chamada Pública divulgada em 24 de abril de 2007. A referida chamada pública corresponde a ação do Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Profissional – SETEC para a Fase II do Plano de Expansão. A referida Chamada Pública teve por objeto a análise e seleção de propostas de apoio à implantação de Instituições Federais de Educação Tecnológica, visando ao estabelecimento de uma ordem de prioridade na implantação das novas instituições de ensino. (MEC, 2007).

A importante etapa do processo de submissão da proposta foi realizada no dia 05 de outubro de 2007, na forma de audiência pública, realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde no município de Abaetetuba. Na ocasião, a sociedade civil, juntamente com o corpo técnico  do então CEFET Belém, decidiu pela indicação dos seguintes cursos: Aquicultura; Pesca; Saneamento Urbano; Química Industrial, Eletrotécnica e Informática; Agricultura; Edificações, além da oferta futura de outros cursos na área Industrial. (INSTITUTO FEDERAL DO PARÁ, 2007)

No dia 09 de junho de 2008, por meio da Portaria nº 698, o Ministério da Educação autoriza o Centro Federal de Educação Tecnológica do Pará CEFET a promover o funcionamento da Unidade de Ensino Descentralizada – UNED Abaetetuba. A unidade passou a funcionar no espaço físico da antiga Escola de Trabalho e Produção do Pará – (ETPP), do Governo do Estado do Pará, espaço este, situado à Rua Rio de Janeiro, no bairro da Francilândia. Paralelamente, foi dado encaminhamento nas atividades de projeto e construção de estrutura de ampliação da unidade (Bloco Pedagógico, Biblioteca, Auditório e Quadra de Esportes).

No dia 20 de outubro de 2008 foram ofertados os primeiros cursos pela nova instituição: Técnico em Edificações e Informática, integrados ao Ensino Médio; Técnico em Informática, Aquicultura, Pesca e Saneamento, subsequentes ao Ensino Médio, todos em regime regular de ensino.  

No dia 29 de dezembro de 2008, por meio da Lei nº. 11.892, que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, dispõe em seu art. 5º, §2º, que “A unidade de ensino que compõe a estrutura organizacional de instituição transformada ou integrada em Instituto Federal passa de forma automática, independentemente de qualquer formalidade, à condição de campus da nova instituição”, ou seja, todas as escolas técnicas do estado do Pará, vinculadas ao Governo Federal, passam a compor o Instituto Federal do Pará (IFPA), assim nasce o IFPA Campus Abaetetuba.

No ano de 2009, foi implantado o curso de Graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas em regime regular de ensino, Licenciatura em Educação no Campo e Especialização em Educação no Campo, estes últimos em regimes intervalares de ensino.

Em 2010, foi ofertado o Curso de Pós-graduação latu sensu PROEJA[1], em regime regular de ensino e o curso de Licenciatura em Pedagogia pelo Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica PARFOR[2]- Plataforma Freire.

No campus de Abaetetuba, foram ofertados cursos de Programas do Governo Federal, tais como: Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC (este com extensão nos polos dos municípios de Moju, Acará e Igarapé - Miri), Programa Mulheres Mil, cursos do E-TEC/Brasil, além dos cursos de Licenciatura em: Pedagogia, Biologia, Física e Educação no Campo pelo PARFOR.

 

 

Alunos matriculados

O campus possui  1.190  alunos devidamente matriculados.

Cursos ofertados

Atualmente o IFPA Campus Abaetetuba oferta os seguintes cursos:

Técnico Integrado (para os estudantes que ainda irão cursar o Ensino Médio e fazem o Médio e o curso técnico juntos)

-Técnico Integrado em Informática

-Técnico Integrado em Edificações

-Técnico Integrado em Manutenção e suporte em informática

-Técnico Integrado em Meio Ambiente

-Técnico Integrado em Mecânica

Técnico Subsequente (para os estudantes que já concluíram o Ensino Médio e desejam se qualificar para o mercado de trabalho)

-Técnico em Aquicultura

-Técnico em Pesca

-Técnico em Saneamento

-Técnico em Meio Ambiente

-Técnico em Segurança do Trabalho

-Técnico em Edificações

-Técnico em Mecânica

-Técnico em Informática

Graduação

-Licenciatura em Ciências Biológicas

-Licenciatura em Educação do Campo

-Licenciatura em Geografia (Em construção)

Pós-graduação

Especialização em Informática

Especialização em Educação de Jovens e Adultos: Saberes Ribeirinhos e Práticas Pedagógicas

Além de Oficinas, Minicursos e FIC.

 

Infraestrutura

O Campus possui: 03 Laboratório de Informática, Laboratório de Física; Laboratório de Biologia Molecular – Microbiologia; Laboratório de Processos Físico-Químico e Biológicos; Laboratório de Saneamento e Meio Ambiente; Laboratório de Biodiversidade e Conservação; Laboratório da Ictiofauna da Amazônia; Laboratório de Experimentações Artísticas; Almoxarifado Integrado de Produto Químico e Insumos; Centro de Tecnologia em Ciências Humanas e Sociais; Laboratório de Materiais. Além dos ambientes de Práticas.

O Campus é estruturado com 13 Sala de Aulas Climatizadas, Biblioteca com 14.500 Itens, Auditório para 200 pessoas, além de ambientes administrativos diversos. Todos os ambientes são estruturados com acesso à internet aberta para alunos e visitantes. 

O Campus Possui frota composta por 05 (cinco) veículos além de 02 (duas) duas lanchas para uso em atividades de ensino, pesquisa e extensão. Quadra poliesportiva e Sala de Ginástica, Dança e Práticas Corporais. 

 

Fonte: Texto produzido pela Ascom do IFPA Abaetetuba com informações do GIS- Gestão Integrada de Serviços do IFPA Campus Abaetetuba.

Fim do conteúdo da página
-->